Dra. Patricia Rittes | DICIONÁRIO DAS MANCHAS
16146
post-template-default,single,single-post,postid-16146,single-format-standard,eltd-core-1.0.3,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-10.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2,vc_responsive

DICIONÁRIO DAS MANCHAS

Atenção! Quem tem a pele mais morena também corre o risco de ficar manchado, sobretudo após queimaduras ou machucados. A hiperpigmentação pode ser prevenida com produtos a base de vitamina C que é clareadora.

Melasma – também chamado de cloasma, surge principalmente na gravidez, sobretudo no rosto. Aparece em qualquer época da vida e é resultado do derramamento de pigmentos na pele devido a resposta anormal da célula ao estimulo luminoso.

Tratamento – é difícil, pois mesmo que o pigmento seja extraído, não se consegue bloquear a resposta anormal da célula a luz. A melhor solução é o peeling de KRULIG e a Luz Pulsada que estimulam o colágeno e protegem as células contra a luz.

Sardas – comuns nas crianças de pele clara. Chamadas pelos médicos de efélides, nada mais são do que pigmentos liberados durante o processo de inflamação causada pela exposição aos raios ultravioleta.

Tratamento – com laser e a melhor recomendação é prevenir seu aparecimento com a aplicação de filtros solares na infância.

Manchas de nascença – chamadas de café com leite são causadas pela liberação de pigmentos em determinada região do corpo.

Tratamento – pode ser removida totalmente com o uso de lasers específicos para a remoção de pigmentos, como o Nd YAG 1064.

Lentigo solar ou melanose – as manchas da idade que aparecem mais tarde, manchando de acastanhado áreas com as mãos e o rosto. São causadas pelo sol tomado durante toda a vida. Podem ser prevenidas pelo uso dos protetores.

 

 

 

 

 

 

 

No Comments

Post A Comment